Festeiros

Os Festeiros de Nossa Senhora do Viso são uma equipa de casais que assumem a Paróquia do Viso como sua e que se disponibilizam para, em direta ligação ao Pároco, lançar iniciativas, desenvolver ações e atividades durante o ano que, enquadradas com as dinâmicas paroquiais, confluirão para a organização e realização da Festa da Padroeira que ocorre em setembro.

Os Festeiros 2020 desejaram congregar no seu LOGOTIPO a visão que pretendem transmitir à comunidade da qual fazem parte:

Assim, o ARCO formado pela palavra “FESTEIROS” indica o desejo de abraçar, em recetividade, toda a comunidade e todos os que, em qualquer momento, desejem viver as experiências que ocorrem na Paróquia do Viso.

A letra “T” da mesma palavra foi substituída pela imagem estilizada de “Cristo” de braços abertos – parcela do logótipo temático paroquial deste ano – Ele que acolhe, envia e protege.

Com esta inserção também os “Festeiros 2020” querem recordar TODOS OS FESTEIROS que lhes precederam e com todos eles querem ser o prolongamento desses braços de Cristo, uma vez que desejam assumir-se, na especificidade das tarefas, como instrumentos do Salvador, na ação quotidiana!

Ao dar-se destaque significativo ao ano 2020, os Festeiros deste ano, pretendem realçar o final da década com mais visibilidade.

No ZERO das centenas foi inserido o lema paroquial deste ano: “Todos no mesmo Amor e na mesma Fé”. Desta forma e neste local, pretende-se dizer que a assunção desta mensagem deverá estar presente em todos, não só neste ano (zero das unidades), mas em toda a vida (zero das centenas)!

Deste modo o logótipo temático da paróquia fica plenamente integrado e associado indelevelmente ao logótipo dos Festeiros 2020, transmitindo esta ânsia tão importante de sentir a paróquia e de a integrar e com ela trabalhar para o bem de todos os irmãos e de todas as pessoas de boa-vontade, realizando o “FAZER” durante este ano tão especial.

Dando concretismo a esta interpretação, associado ao logótipo dos Festeiros 2020, estará sempre o logótipo paroquial para que ninguém se esqueça de Maria, Mãe e Padroeira, à qual os festeiros pedem intercessão para obterem as graças necessárias à realização das suas tarefas, dos seus “sonhos” para a Paróquia de Nossa Senhora do Viso.